Menu
Rua Otto Benack, 300 - Sala 2
Bom Retiro - Joinville / SC Ver No Mapa
PLUGGED • 20/10 • Marketing de Conteúdo

Você sabe como produzir um conteúdo relevante?

Por
Egon Zek

Produzir conteúdo tem sido o maior foco de agências e marketing de empresas nos últimos anos. Não se engane: o conteúdo em marketing existe há muito tempo, mas o valor que ele ganhou nos últimos anos tem sido muito maior. Produzir conteúdo é uma coisa, produzir conteúdo bom é outra e produzir conteúdo bom que dê resultados e seja lido é, ainda mais, completamente diferente.

Os leitores não são bobos, afinal, são leitores, e o que eles menos querem é ser enganados. Além de não quererem ser enganados, os leitores precisam de bons conteúdos para realmente ler, porque abrir uma página, rolar ela até o fim e depois fechá-la, não significa ser lida e entendida. O marketing de conteúdo, com foco na marca, é atual, é engajador e atrai possíveis clientes. Mas falar “foco na marca” é o que tem enganado muitas agências. Quando vamos conhecer uma pessoa, nossa reação e nossas conversas são diferentes, concorda? Abordamos um conteúdo mais inicial, para entender a pessoa e saber se realmente a amizade poderá acontecer a partir desse primeiro momento.

O conteúdo de primeiro contato de um leitor com o seu blog ou seu site, por exemplo, tem que ser inicial também. Se seu marketing de conteúdo tem objetivo de fazer o leitor comprar de você algum dia, você não pode oferecer a compra assim que vocês se conhecerem. Essa ordem é essencial para uma boa experiência final.

E o conteúdo: como escrever um texto interessante?

Vamos começar com uma pergunta rápida: você tem lido os textos que abre nas abas de seu computador do começo até o fim, ou você lê partes interessantes ou geralmente os conteúdos são ruins? Dá pra ficar ficar pensativo com essa questão.

A realidade é que a partir do momento que foi descoberto que o marketing de conteúdo funcionava (ou poderia funcionar melhor para alguns), milhões e milhões de textos invadem a internet todos os dias. Milhares de marcas querendo aparecer, milhares de empresas querendo contar sua história, mas no fim, os textos realmente lidos são aqueles muito bons.

E qual o segredo?

O segredo é contar uma boa história, é falar de pessoa pra pessoa. O conteúdo que gostamos de ler é o mesmo conteúdo que os internautas gostam de ler. Não devemos ficar vendendo escancaradamente e nem pedindo pro leitor confiar na sua marca logo de cara. Devemos criar um caminho de palavras e histórias que levam as pessoas a querer confiar por vontade própria em sua marca. Se elas tiverem lendo um conteúdo sincero e objetivo, além de ter probabilidade de ler até o fim, tem probabilidade maior de retornar.

Pergunte-se:

  • Eu estou sendo objetivo com esse texto? Falando o que eu queria falar?
  • Meu leitor gostará de ler o que estou escrevendo?
  • Meu público-alvo gosta desse texto?

Lembre-se:

  • Você está escrevendo para pessoas reais e não robôs;
  • A internet está cada vez “mais humana”. As marcas estão presentes em todas as redes sociais para agir como, e estar próxima de seu público;
  • O seu post não precisa ser um romance de 500 páginas.

Existem ainda muitos segredos sobre o bom marketing de conteúdo, mas que poderemos contar em outras oportunidades para não se alongar aqui. Por enquanto, essas primeiras dicas (essenciais) já vão servir bastante.

 

Compartilhe este post:
Vamos Começar um Orçamento? Como Podemos Ajudar?